Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina

Laviera Bessouat Laurino

Laviera Bessouat Laurino nasceu em 3 de abril de 1935, na cidade do Rio Grande. Filho de Lavieira Maino Laurino e de D. Morendina Bessouat Laurino, prestou seus estudos primários e secundários no Colégio São Francisco, em Rio Grande, e no Colégio Rosário, em Porto Alegre. Em 1954, ingressou na Faculdade de Medicina de Santa Maria, ainda integrante da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, como integrante da primeira turma médica, graduando-se médico a 4 de janeiro de 1960. Durante todo seu curso de medicina, freqüentou, principalmente nas férias escolares, o Serviço de Cirurgia do Hospital da Sociedade Portuguesa de Beneficência, em Rio Grande, serviço esse chefiado por seu pai, Lavieira Maino Laurino.
De 1960 a 1962, fez sua pós-graduação em Ortopedia e Traumatologia nos Serviços do prof. César Ávila, Porto Alegre, URGS, do prof. José Luis Bado, Montevidéu, Instituto de Traumatologia, e do prof. Carlos Otollengui, Buenos Aires, Hospital Italiano.
Em 1962, iniciou sua carreira profissional na cidade do Rio Grande, onde fundou e dirigiu por 20 anos o Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital da Sociedade Portuguesa de Beneficência. Fundou, em 1968, a CEAT, Clínica Especializada de
Acidentes do Trabalho, sendo até hoje seu Diretor Técnico. Participa de várias sociedades da especialidade, tais como: 1960 - Sociedade de Medicina do Rio Grande; 1963 - Associação Médica do Rio Grande do Sul, Departamento de Ortopedia e Traumatologia; 1964 - Sociedade Brasileira de Paralisia Cerebral; 1965 - Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia;
1966 - Sociedade Latino Americana de Ortopedia e Traumatologia; 1967 - Membro Recíproco da American Academy of Orthopaedic Surgeons; 1967 - Membro Associado do American College of Surgeons; 1968 - Membro Titular do Colégio Brasileiro de Cirurgiões; 1972 - Membro Titular da Societe Internationale de Chirurgie Orthopedique et de Traumatologie; 1980 - Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé; 1982 - International Society for Prosthetics and Orthotics; 1983 - Fellow do Colégio International de Cirurgiões; 1990 - Membro Fundador da Academia Sul-rio-grandense de Medicina.
Em outubro de 1967, idealizou, juntamente com a Presidência do DOT-AMRIGS, o I Encontro de Primavera do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da AMRIGS, que organizou e presidiu. Indiscutivelmente, essa foi a semente que lançou os
Congressos Sul-brasileiros de Ortopedia e Trauma-tologia. No XV Congresso Mundial da SICOT, no Rio de Janeiro, 1981, foi membro do Comitê Científico. Iniciou suas atividades didáticas como professor Assistente da Cadeira de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Pelotas, em agosto de 1966 e, em 1970, como professor Titular da Cadeira de Ortopedia e Traumatologia da Faculdade de Medicina da Universidade do Rio Grande.
Desde 1965, participou de quase todos os Congressos Brasileiros de Ortopedia e Traumatologia patrocinados pela SBOT e de todas as Jornadas  Gaúchas de Ortopedia e Traumatologia patrocinadas pelo DOT da AMRIGS, com apresentação de
vários trabalhos versando sobre: tratamento cirúrgico das fraturas do 1/3 inferior do cúbito e rádio consolidados viciosamente; Osteossíntese de compressão; Uso de tutores compressores externos; Osteossíntese de compressão em pequenos fragmentos; Mini fixadores externos; Resultados a longo prazo de artroplastias de coxo femural; Artroplastia de cotovelo; Pneumoartrografia do joelho; Uso da triancinoloma injetável nos problemas articulares; Fraturas expostas da perna; Dificuldades e complicações nas osteossínteses de compressão; Fraturas e luxações do antepé; Lesões ligamentares do tornozelo; Treatement of hand fractures with miniplate of compression and external fixateurs; Transformation of the external elongater into external compressor for using in fractures; Fraturas do planalto tibial; Fraturas do extremo distal do rádio; Novos rumos no tratamento da osteomielite; Uso do ultra-som pulsado como estimulante da osteogênese; Fraturas cominutivas do
fêmur; Fraturas luxação do talo; Politraumatizado.
Em 1994, foi co-autor do livro Patologia Óssea Fundamentos, juntamente com Mendonza e Mendonça, editado pelo Fundo Editorial BIK. Em 1995, foi autor do capítulo 24, Princípios Gerais do Tratamento das Fraturas, no livro Ortopedia e Traumatologia Herbert e Xavier, editado pela Artes Médicas.
No XX Congresso Brasileiro de Ortopedia e Traumatologia, realizado no Rio de Janeiro em 1975, foi o relator do tema oficial: osteossíntese de compressão.
Em 20 de fevereiro de 1985, foi designado, pela Reitoria da Universidade do Rio Grande, Diretor Geral do Hospital Universitário e durante sua gestão foi o Hospital Universitário transferido para suas novas e modernas instalações. Desde 1970, chefia o Serviço de Ortopedia do Hospital Universitário da Universidade do Rio Grande.
Freqüentou vários cursos de especialização no exterior, entre os quais, em 1969, do prof. G. Finesehi, Roma; prof. Maurice Muller, Berna; 1975, prof. R. Judet, Paris; 1977, prof. H. Mittehneyer Homburg e prof. H. Mittelmeyer Gründelwald.
Casado com Sonia Dorneles Laurino, tem dois filhos, Claudia Dorneles Laurino, Cirurgiã Plástica e Laviera Dorneles Laurino, Oceanólogo e Administrador de Empresas.